quarta-feira, 28 de abril de 2010

Trabalho fonoaudiológico junto a pacientes em tratamento ortodôntico



É comum que as alterações de arcada dentária estejam associadas a alterações na musculatura da face como lábios e bochechas, e também da língua. Nestes casos é necessário a intervenção fonoaudiológica para trabalhar a função desta musculatura, pois se a função muscular continuar alterada poderá interferir na correção da arcada. 
Por exemplo, quando uma pessoa tem o costume de manter a lingua posicionada entre os dentes a lingua exerce uma pressão na arcada empurrando os dentes para a fente. Outro exemplo são aquelas pessoas que estão sempre de boca aberta, nesse caso os lábios deveriam exercer uma força contra os dentes para que eles permanecessem em sua posição, como a boca esta aberta esta força não existe ou é muito reduzida, fazendo com que os dentes se projetem para a frente. Estes são apenas dois exemplos, mas existem muitos outros. 
O momento de realização da terapia depende de varios fatores e o ideal é que seja discutido entre o ortodentista e o fonoaudiólogo. Muitas vezes existem outros profissionais envolvidos no tratamento, como por exemplo o otorrino, o alergista. É importante que haja comunicaçao entre os profissionais que atuam junto a casos ortodonticos para que o sucesso do tratamento seja alcançado.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário