quinta-feira, 6 de maio de 2010

Terapia Fonoaudiológica para pacientes com Doença de Parkinson



O tremor, a rigidez e a lentidão de movimentos são características da Doença de Parkinson, uma doença neurológica, crônica e progressiva, que tem as dificuldades de fala como um dos seus principais sintomas.
Alguns estudos indicam que as alterações vocais estão presentes em mais de 75% dos casos, afetando a comunicação e consequentemente as relações sociais, profissionais e familiares dessas pessoas.
Frequentemente as pessoas com parkinson apresentam uma fala monótona, com pouca modulação vocal (entonação), movimentos articulatórios reduzidos, e baixa intensidade vocal, dificultando a compreensão da sua fala.

Para melhorar a comunicação:

  • Falar devagar e forte (alto), articulando bem as palavras, movimentando os lábios e a língua.
  • Treinar a falar forte (alto) e com boa articulação. Para isso pode-se repetir os dias da semana, meses do ano, contar números, fazer uma leitura em voz alta, declamar um poema, cantar...

Alimentação:


Além dos aspectos comunicativos, podem ocorrer também dificuldades relacionadas à mastigação e à deglutição, devido à diminuição da força muscular, dificuldade na realização de movimentos voluntários e redução da peristalse faríngea (movimento de contração responsável por levar o bolo alimentar através do tubo digestivo).
Estas alterações podem ter como consequência a aspiração de restos de alimentos, saliva e líquidos para o pulmão, gerando um quadro de pneumonia.

Devido a estas dificuldades é indispensável que o fonoaudiólogo esteja inserido na equipe de atenção ao paciente com Parkinson, buscando estratégias que possibilitem uma deglutição segura e melhorando o processo comunicativo, contribuindo assim para a melhoria na qualidade de vida do indivíduo.

Para saber mais sobre a Doença de Parkinson acesse: http://vivabemcomparkinson.com.br

*Este texto foi publicado originalmente em 06/05/2010 e reescrito em 25/01/2016.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário