quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Você já ouviu falar em reabilitação vestibular?


O sintoma mais comum da labirintite é a tontura. Este sintoma tem um impacto muito grande na qualidade de vida dos indivíduos que sofrem de labirintite. Medo de sair sozinho, sensação de instabilidade, insegurança são algumas das sensações relatadas pelos pacientes. Este é um distúrbio muito comum em pessoas idosas, mas pode acometer também pessoas mais jovens. Atualmente existe no mercado farmacológico uma série de medicamentos indicados para o tratamento da labirintite, porém o uso destes medicamentos não deve ser prolongado. O tratamento para a labirintite dependerá das causas que levam a ela, assim, distúrbios hormonais, diabetes e problemas vasculares devem ser controlados previamente. Há alguns casos que só se resolvem com intervenção cirúrgica, mas no geral, a reabilitação vestibular é o tratamento eleito.
Composta por exercícios orientados pelo fonoaudiólogo e que variam de acordo com a desordem apresentada estes exercícios tendem a ficar mais complexos à medida que o paciente se recupera. O objetivo é restaurar o equilíbrio, contribuindo assim para a melhoria na qualidade de vida dos pacientes. O tempo médio de tratamento é de dois a três meses. 


Fonte de pesquisa: http://cafopuccamp.blogspot.com/2011/02/labirintite-tem-cura.html

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário